Postagens

Mostrando postagens de 2014

Depoimento: Vencendo o desafio! Guerreira: Tania Meirelles

Imagem
Idade: 43
Diagnóstico: Linfoma de Hodgkin e Carcinoma Ductal Invasivo Inflamatório Grau 3
Tratamento: Mastectomia radical + esvaziamento axilar ainda em tratamento Her2 positivo.

Em 1989 – eu, com 18 anos linda leve e solta, caroço no pescoço sem dor nem nada, mas estava lá, então a pedido da minha mãe, fomos ao médico. O primeiro médico disse tuberculose. Nem pensar porque eu nem estava com tosse. Procurei um especialista em cabeça e pescoço (nem sabia que existia) que pediu uma cirurgia imediata (12/09/1989) Resultado: “Linfoma de Hodgkin” exames descoberta de outra bola no pulmão (essa parecia de bilhar rsrs) e outra cirurgia. Retirada do baço (26/10/1989) porque a oncologista tinha medo que eu tivesse leucemia então mais exames e radioterapia e cura graças a Deus, mas segundo os médicos eu não poderia ter filhos devido a radioterapia na região pélvica que queimou meus ovários.

Com a graça de Deus conheci meu marido em 1993 e em 1995 nasceu o Rafael (lindo grande e forte) em 1999 nasc…

Depoimento: Vencendo o desafio! Guerreira: Vandia Brown

Imagem
Idade: Diagnóstico: Carcinoma Ductal Infiltrante Tratamento: Quimioterapia, Cirurgia quadrante, radioterapia, 1 ano de Herceptin
Em setembro/2013 fui a minha consulta anual com a ginecologista. Sabia que tomaria uma bronca, pq meus exames foram feitos em outubro/2012 e somente agora eu estava levando para ela analisar. A mamografia deu birads 4. Ela ficou preocupada e eu tive que repetir o exame. Eu não tinha noção do que vinha pela frente. Fiz meus exames e em outubro saíram os resultados: confirmado birads4. Fui encaminhada ao mastologista, que pediu uma serie de exames. Iríamos fazer a cirurgia e depois começaríamos pela quimioterapia. Quando saiu o resultado da ressonância, o medico resolveu mudar os planos: o tumor era grande. Fiz a biopsia e o resultado já era o que eu esperava: Carcinoma ductal infiltrante. 
Primeira reação: desespero! Depois me questionei: Por que comigo?? O que eu fiz para merecer?? Então, graças a Deus, tenho ao meu lado um marido, companheiro, amigo maravilhoso…

Depoimento: Vencendo o desafio! Guerreira: Elaine Cristina

Imagem
Idade: 39 Diagnóstico: Carcinoma Lobular Invasivo Tratamento: Cirurgia quadrante, radioterapia, hormoterapia (Tamoxifeno)
Eu me chamo Elaine tenho 39 anos, casada e muito bem casada rsrsrs e mãe da Isabela de 12 anos e do Isaque 7 anos.

Novembro de 2011..........Tudo começou quando mudei de cidade e tive que trocar de ginecologista. Como era uma nova paciente, ela me pediu uma bateria de exames e um deles foi ultrassom da tireoide que acusou 2 nódulos suspeitos. Fiz punção e deu 85% de malignidade, nesse período, senti um caroço na minha mama esquerda, comentei com minha médica e ela fez ultrassom onde relatava normalidade. Ela então pediu que ficasse tranquila e focasse no tratamento da tireoide.

Fevereiro de 2012.......... Fui para o bloco cirúrgico fazer a tireoidectomia (retirada total da tireoide) pois bem o CA da tireoide é tranquilo o tratamento é Iodo, tomei a dosagem de Iodo e fiquei isolada por 15 dias, depois é só ajustar os hormônios com levotiroxina pelo resto da vida rsrsrsr…

Depoimento: Vencendo o desafio! Guerreira: Isabel Rocha

Imagem
Idade: 45 Diagnóstico: Carcinoma Ductal Invasivo Grau II Tratamento: Cirurgia quadrante + esvaziamento axilar, quimioterapia, radioterapia 

Olá!!!! Estou aqui para contar minha trajetória.

Em setembro de 2012 descobri um nódulo na minha mama direita, como estávamos para sair de férias, esperei retornarmos para procurar o mastologista. Em Fevereiro de 2013 fui ao médico. Fiz mamografia e ultrassom de mama e axila. O nódulo não parecia ser maligno e não havia nada na axila, por isso, o médico resolveu somente fazer o acompanhamento e repetir após 1 ano a mamografia e o ultrassom.
Em Janeiro de 2014 procurei outro médico e expliquei a situação, imediatamente após o exame clínico, ela me pediu mamografia , ultrassom e biópsia do nódulo. Na mamografia o nódulo tinha crescido e estava irregular. No ultrassom deu alteração na axila. e a biópsia acusou positiva para CA. Então, começou o desespero! Fiz todos os exames possíveis e imagináveis e minha cirurgia foi marcada para 19 de Abril de 2014, q…

Depoimento: Vencendo o desafio! Guerreira: Tania Regina

Imagem
Tania Regina Idade: 51 Diagnóstico: Carcinoma Ductal Invasivo Tratamento: Cirurgia quadrante + esvaziamento axilar, quimioterapia, radioterapia 

"Quando você descobre que tem câncer a primeira coisa que você pensa é que vai morrer pelo menos comigo foi assim, foi difícil, cirurgia, quimioterapia, radioterapia mas hoje 4 anos depois estou aqui graças a Deus venci e posso dizer a vocês que câncer tem cura pois sou a prova viva de tudo isso e todos os dias em minhas orações peço a Deus por todos que passam por tudo que passei e agradeço a Deus, ao Divino Pai Eterno e Nossa Senhora por todas as pessoas que sempre estiveram do meu lado."
OBS: Ainda não tive alta médica,mas sei que vai ser em breve,se DEUS quiser.
Tania

CA de Mama - A Anatomia da Mama - Parte 1

A função do tempo

Imagem
“O tempo passa. O fôlego retorna. Parece milagre, mas a semente da cura começam a florescer nos mesmos jardins onde parecia que outra flor não brotaria mais. A alma é sábia, enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha em silêncio para tecer o momento novo. E ele chega.”

Infecção e rejeição da prótese...

Imagem
Foi uma semana muito difícil, com altos e baixos e ontem a tarde veio a derradeira decisão que me levou de volta ao centro cirúrgico. Lá reencontrei além do Dr. Rodrigo, anjo que cuidou de mim todos esses dias, toda a equipe que me acompanhou há 8 dias atrás na primeira cirurgia, fiquei emocionada com o apoio e carinho de todos e Dr Leonardo o anestesista, conversava comigo com a voz calma e confortadora dizendo que Guimarães Rosa definia assim os reveses que enfrentamos:  "O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem... Foi a última coisa que ouvi antes apagar... A vida é assim mesmo uma grande aventura e aqui estou eu, sem os seios, mas ainda me mantendo inteira!
Águeda

Pequenos Retalhos

Imagem
O tempo, de vento em vento,desmanchou o penteado arrumadinho de várias certezas que eu tinha, e algumas vezes descabelou completamente a minha alma.  Mesmo que isso tenha me assustado muito aqui e ali, no somatório de tudo, foi graça, alívio e abertura.
A gente não precisa de certezas estáticas. A gente precisa é aprender a manha de saber se reinventar. De se tornar manhã novíssima depois de cada longa noite escura. De duvidar até acreditar com o coração isento das crenças alheias.
A gente precisa é saber criar espaço,não importa o tamanho dos apertos. A gente precisa é de um olhar fresco, que não envelhece, apesar de tudo o que já viu. É de um amor que não enruga, apesar das memórias todas na pele da alma. A gente precisa é deixar de ser sobrevivente para, finalmente, viver. A gente precisa mesmo é aprender a ser feliz a partir do único lugar onde a felicidade pode começar, florir, esparramar seus ramos, compartilhar seus frutos.
Tudo o que eu vivi me trouxe até aqui e sou grata a tudo, invari…